O ser humano foi criado à imagem e semelhança de Deus, logo absoluta-mente perfeito. A partir do pecado e por causa do pecado, dos nossos primeiros pais, Adão e Eva, não somos mais perfeitos. Sabemos, por experiência própria, que cada um de nós tem uma área na vida que precisa ser recuperada.

Precisamos, por exemplo, entender a finalidade da liberdade, não é para fazer o que não queremos, mas para fazer o que queremos. Será que conseguimos? O apóstolo Paulo vivia o mesmo drama de cada um de nós (Romanos 6.15-21).