Prevenção e intervenção na perspectiva do CIM

Os programas de prevenção e intervenção do cuidado integral são os processos práticos e estratégicos do CIM. Por meio deles se fornece suporte e apoio aos missionários e suas famílias para cumprirem a missão de forma apta e saudável para a multiplicação de discípulos. 

A prevenção visa fornecer conteúdo, treinamento e acompanhamento constante de cuidado integral nas seis dimensões da vida ao missionário e sua família. Objetiva prepara-los para as possíveis crises da vida missionária e ou lutas pessoais, e principalmente, para que trabalhem de forma preventiva no cuidado próprio e familiar. 

No Programa de Prevenção espera-se que a equipe de Missões Nacionais, no campo e na sede, cuide de si mesmo e promova cuidado mútuo de forma individual e em pequenos grupos.

Todo material de cuidado integral disponibilizado e apresentado buscará produzir conhecimento e vivência prática em todas as fases do ministério nas dimensões da vida.


O Programa de Prevenção é um processo fundamental de apoio e suporte para que o missionário e sua família estejam aptos e saudáveis durante todo o ministério. Ter informações e adquirir conhecimento é imprescindível para a vida do missionário, mas muito mais do que conhecer, espera-se que o missionário as coloque em prática.

Para que o missionário e sua família permaneça por mais tempo no campo com mais contentamento, o Programa de Prevenção tem como alvo diminuir as intervenções e o retorno prematuro do campo.

Durante o programa de prevenção quando for exposto um problema ou dificuldade pessoal ou familiar, guardado o devido sigilo, será iniciado um processo de intervenção visando o restabelecimento da saúde necessária para continuem cumprindo a missão. 

A intervenção é um conjunto de ações que tem como estratégia principal o aconselhamento bíblico. Visa atender aos conflitos e necessidades já presentes na vida do missionário e sua família. Será realizada por meio de uma “Agenda de Cuidado” e com o apoio de especialistas em cada área de necessidade, tais como: conselheiros bíblicos, pastores, mentores, psicólogos, médicos de diversas especialidades, nutricionistas, advogados, economistas ou contadores, administradores e educadores físicos, dentre outros. 


Segundo Wayne (2004) o aconselhamento bíblico ocorre com a finalidade “de descobrir as causas dos problemas e aplicar princípios bíblicos a essas causas”. Deve ser feito por meio de um relacionamento que inspire confiança e segurança. Este método procura estimular o crescimento espiritual do missionário e encorajar a confissão dos pecados para recebimento do perdão divino. Além disso, ajuda a moldar padrões, atitudes, valores e estilo de vida cristão. 




Última atualização: sexta, 16 Mar 2018, 14:00